Metáforas


 

O elefante acorrentado

 

 

A que vocĂȘ estĂĄ aprisionado?

 

O elefante acorrentado - A que vocĂȘ estĂĄ aprisionado?

Você já observou um elefante no circo? Durante o espetáculo, o enorme animal faz demonstrações de força descomunais. Mas, antes de entrar em cena, o elefante permanecia preso, quieto, contido somente por uma corrente que aprisionava uma de suas patas a uma pequena estaca cravada no solo. Sem dúvida a estaca é um pequeno pedaço de madeira. E, ainda que a corrente fosse grossa parece óbvio que esse animal, capaz de arrancar uma árvore com sua própria força, poderia, com facilidade, arrancá-la do solo e fugir.

 

Que mistério! Por que o elefante não foge? O elefante do circo não escapa porque foi preso à estaca ainda muito pequeno. Fechei os olhos e imaginei o pequeno recém-nascido logo preso. Naquele momento, o elefantinho puxou, forçou, tentando se soltar. E apesar de todo o esforço, não pode sair. A estaca era certamente muito pesada para ele. E o elefantinho, tentava e nada. Até que um dia, cansado, aceitou o seu destino. Jamais voltou a colocar em prova sua força.

 

Então, aquele elefante enorme não se solta porque acredita que não pode. Para que ele consiga quebrar os grilhões é necessário que ocorra algo fora do comum, como um incêndio, por exemplo. O medo do fogo faria com que o elefante em desespero quebrasse a corrente e fugisse.

 

Muitos estão acorrentados às experiências de rejeição da infância, aos "nãos" da vida, à necessidade de agradar aos outros. A única maneira é testar novamente, enfrentar as barreiras, colocar muita coragem no coração e arrebentar as correntes - DECIDIR.

 

Não espere que o seu "circo" pegue fogo para começar a reagir. Decida ter ATITUDE acerca de sua vida.

 

 
Comentarios Enviar ComentĂĄrio
 

Voltar

Home